O Que Causa a Perda Auditiva em Pacientes com Zumbido no Ouvido

A perda auditiva pode ser manifestada por muitas causas como zumbido no ouvido, contudo a maioria delas pode ser tratada com sucesso, utilizando remédios ou com cirurgias, dependendo do processo da doença.

zumbido no ouvido

Zumbido no Ouvido: TRÊS TIPOS DE PERDA AUDITIVA

O Que Causa a Perda Auditiva Condutiva

Quando a perda auditiva é causada por problemas no canal auditivo, o ouvido, ou o ouvido médio e seus pequenos ossos (o malleus, incus e estribo).

 

Perda Auditiva Neurossensorial (SNHL)

Quando a perda auditiva é dá-se em função de problemas do ouvido interno, também conhecido como perda auditiva relacionada ao nervo.

 

 Perda de Audição Mista

Refere-se a uma combinação de perda auditiva condutiva e neurossensorial. Isto significa que pode haver danos no ouvido externo ou médio e no ouvido interno (cóclea) ou nervo auditivo.

O Que Causa a Perda Auditiva Condutiva 

Causas:

  • Malformação do ouvido externo, canal auditivo ou estruturas do ouvido médio
  • Fluido / Catarro no  ouvido médio de resfriados
  • Infecção do ouvido(otite média – uma infecção no ouvido médio em que um acúmulo de líquido pode interferir com o movimento do tímpano e ossículos
  • Alergias
  • Fraca função da trompa de Eustáquio
  • Tímpano perfurado
  • Tumores benignos
  • Cera de ouvido impactada
  • Infecção no canal auditivo
  • Corpo estranho no ouvido
  • Otosclerose

Sintomas:

  • Chiado no ouvido
  • Zumbido no ouvido
  • Zumbido na cabeça

 

Zumbido no Ouvido: TRATAMENTOS DE PERDA AUDITIVA CONDUTIVA

Os tipos de perda auditiva condutiva incluem ausência congênita de canal auditivo ou falha do canal auditivo aberto ao nascimento, além de ausência congênita, malformação ou disfunção das estruturas do ouvido médio.

Todas elas podem ser corrigidas cirurgicamente. Se estes não forem passíveis de correção cirúrgica bem sucedida, então a audição pode ser melhorada com a amplificação com um aparelho auditivo de condução óssea ou um dispositivo ósseo integrado implantado cirurgicamente.

Outras causas de perda auditiva condutiva são: infecção, Tumores, catarro no ouvido, corpo estranho e trauma (como em uma fratura do crânio).

As infecções agudas são geralmente tratadas com medicamentos antibióticos ou antifúngicos.

Infecções crônicas de ouvido, fluido médio crônico e tumores geralmente requerem cirurgia.

Se não houver resposta à terapia médica inicial, o fluido infeccioso do ouvido médio é geralmente tratado com antibióticos – enquanto o fluido crônico não infeccioso do ouvido médio é tratado com cirurgia (ou tubos de equalização da pressão).

A perda auditiva condutiva do traumatismo craniano é freqüentemente passível de reparo cirúrgico das estruturas da orelha média danificada, realizada após o estado médico geral do paciente se estabilizar após lesões traumáticas agudas.

Uma forma genética de perda auditiva condutiva é a otosclerose, na qual há fixação óssea do estribo (o terceiro pequeno osso da audição no ouvido médio), onde o som não pode chegar ao ouvido médio.

Otosclerose geralmente apresenta perda auditiva no início da idade adulta e pode ser gerenciado com sucesso com a cirurgia para substituir o estribo imóvel com uma prótese de estribo móvel ou com um aparelho auditivo.

O Que Causa a Perda Auditiva Sensorineural

Causas:

  • Exposição a ruídos altos
  • Trauma na cabeça
  • Vírus ou doença
  • Doença da orelha interna auto-imune
  • Perda auditiva que ocorre na família
  • Envelhecimento
  • Malformação do ouvido interno
  • Doença de Meniere
  • Otosclerose – uma desordem hereditária em que um crescimento ósseo forma em torno de um pequeno osso no ouvido médio, impedindo-o de vibrar quando estimulado pelo som.
  • Tumores

Tratamento da Perda Auditiva Neurossensorial

perda auditiva

Esse tipo de perda auditiva pode resultar de trauma acústico (ou exposição a ruído excessivamente alto), o que pode responder à terapia médica com corticosteróides para reduzir o inchaço das células ciliadas da cóclea e a inflamação para melhorar a cicatrização dessas estruturas da orelha interna lesadas.

Pode ocorrer por traumatismo craniano ou alterações abruptas na pressão do ar, como na descida do avião, o que pode causar ruptura ou fuga no compartimento do fluido do ouvido interno, que pode ser tóxica para o ouvido externo.

A perda auditiva neurossensorial súbita, presumivelmente de origem viral, é uma emergência otológica que é medicamente tratada com corticosteróides.

A perda auditiva bilateral progressiva ao longo de vários meses, também diagnosticada como doença auto-imune da orelha interna, é administrada medicamente com corticosteróides em longo prazo e, às vezes, com terapia medicamentosa. Doença da orelha interna auto-imune é quando o sistema imunológico do corpo mal direciona suas defesas contra as estruturas da orelha interna podendo causar danos nesta parte do corpo.

Flutuante perda auditiva neurossensorial pode ser de causa desconhecida ou associada a doença de Meniere.

Os sintomas da doença de Meniere são perda auditivazumbido (ou zunido nos ouvidos) e vertigem.

A doença de Meniere pode ser tratada medicamente com uma dieta de baixo sódio, diuréticos e corticosteróides.

Se a vertigem não é medicamente controlada, então vários procedimentos cirúrgicos são usados ​​para eliminá-la.

A perda auditiva neurossensorial de tumores do nervo do equilíbrio adjacente ao nervo auditivo, geralmente não é revertida com remoção cirúrgica ou irradiação desses tumores benignos.

Se a perda auditiva é leve e os tumores são muito pequenos, a audição pode ser 50% recuperada após a remoção do tumor.

A perda auditiva neurossensorial por doença no sistema nervoso central pode responder ao tratamento médico da doença específica que afeta o sistema nervoso.

Por exemplo, a perda auditiva secundária à esclerose múltipla pode ser revertida com o tratamento da esclerose múltipla.

A perda auditiva neurossensorial irreversível  é a forma mais comum de perda auditiva, pode ser administrada com aparelhos auditivos. Quando os aparelhos auditivos não são suficientes, este tipo de perda auditiva pode ser tratado cirurgicamente com implantes cocleares.

Caso sinta alguma alteração, como zumbido no ouvido, zumbido na cabeça, secreções ou catarro no ouvido, ou sinta a diminuição de sua audição, procure um médico imediatamente.

 LEIA TAMBÉM:👉Musicoterapia para os Deficientes Auditivos

O Que Causa a Perda Auditiva em Pacientes com Zumbido no Ouvido
5 (100%) 1 vote

DESCUBRA COMO ALIVIAR, REDUZIR OU ATÉ MESMO REVERTER O ZUMBIDO EM 30 DIAS, DE FORMA 100% NATURAL! 

SEM EFEITOS COLATERAIS E SEM MEDICAMENTOS.